Disfunções sexuais

As disfunções sexuais atingem tanto os homens como as mulheres e podem ter origens orgânicas, físicas ou psicológicas; na maioria das vezes as causas são mistas. Para o tratamento dessas patologias é recomendado que os pacientes sejam assistidos por uma equipe interdisciplinar.

Tipos de disfunções sexuais feminina:

. Disfunções do desejo: diminuição ou ausência de desejo sexual, fantasia sexual ou pensamento sexual

. Aversão: ansiedade ou repúdio ao ato sexual

. Disfunções da excitação: diminuição ou ausência das repostas psicológicas ou fisiológicas que preparam o corpo para o ato sexual

. Excitação persistente: resposta genital indesejada na ausência de desejo

. Disfunção do orgasmo: diminuição ou ausência de orgasmos; diminuição da intensidade dos orgasmos; dificuldade em atingir o orgasmo

. Dispareunia: dor ou desconforto persistente ou recorrente durante a penetração vagina

. Vaginismo: persistente ou permanente dificuldade em permitir a introdução do pênis, ou qualquer outro objeto na vagina, embora haja desejo de fazê-lo

Tipos de disfunções sexuais masculinas:

. Disfunções do desejo: diminuição ou ausência de desejo sexual, fantasia sexual ou pensamento sexual

. Aversão: ansiedade ou repúdio ao ato sexual

. Disfunção erétil: consistente ou recorrente inabilidade em manter uma ereção suficiente para uma relação sexual, que dura há mais de 3 meses

. Ejaculação prematura: a ejaculação ocorre sempre, ou quase sempre, mais cedo que o desejado; antes da penetração ou logo após. Incapacidade de adiar a ejaculação causando, frustração e fazendo com que haja aversão ao ato sexual

. Não-ejaculação: ausência de ejaculação durante o orgasmo

. Disfunção do orgasmo: diminuição ou ausência de orgasmos; diminuição da intensidade dos orgasmos; dificuldade em atingir o orgasmo

. Dispareunia: dor durante a relação sexual