↑ Voltar a Disfunções

Incontinência anal

incontinência anal

A incontinência anal é a dificuldade, ou incapacidade, em segurar flatos (gases) ou fezes (seja líquida, pastosa ou sólida).

As principais causas dessa patologia são o envelhecimento, lesões causadas pelo parto vaginal, disfunções neurológicas e a cirurgias que podem levar a lesões do esfincter anal ou do nervo pudendo.

Esta patologia acomete homens e mulheres e pode estar relacionada à fraqueza dos músculos do PERÍNEO. Pelo grande constrangimento causado,  são poucos os pacientes que relatam a seus médicos incapacidade de segurar flatos ou fezes, retardando o tratamento.

A incapacidade de segurar fezes ou gases é constrangedora e faz com que o paciente tenha uma diminuição de sua qualidade de vida pessoal, social e profissional. Levando, em alguns casos, ao isolamento social.

A reabilitação perineal é um tratamento eficaz e não invasivo para esta patologia, promovendo a reabilitação dos músculos do PERÍNEO e o seu fortalecimento. O protocolo Reabilitação Perineal Ativa tem grande sucesso no tratamento dessa patologia.

Quanto mais cedo o paciente procurar o tratamento melhores serão os resultados.

*Somente os fisioterapeutas formados pela fisioterapeuta Laira Ramos podem utilizar o protocolo RPA

incontinência anal, incontinência fecal, fisioterapia, reabilitação perineal, tratamento, Reabilitação Perineal Ativa, RPA, Laira Ramos