↑ Voltar a Sexualidade

Disfunções sexuais

sexualidade_siteAs disfunções sexuais atingem tanto os homens como as mulheres, podem ter origens orgânicas, físicas ou psicológicas; na maioria das vezes as causas são mistas. Para o tratamento dessas patologias é recomendado que os pacientes sejam assistidos por uma equipe multidisciplinar.

A sexualidade tem aspectos muito complexos e, mesmo estando no século XXI, ainda há um grande tabu sobre o tema. Os pacientes têm vergonha de procurar tratamento e de pedir aconselhamento a seus médicos, muitas vezes sofrem calados e não conseguem desfrutar dos prazeres da sua sexualidade.

Ter a musculatura do PERÍNEO saudável ajuda no desempenho sexual, tanto nos homens como nas mulheres. Com a reabilitação perineal o paciente aprende a contração e o relaxamento da desses músculos,  aumentando a percepção e sensibilidade nesta região, tendo maior controle sobre o prazer e o orgasmo.

Nas mulheres a reabilitação perineal deixa a vagina mais fechada, fazendo com que haja mais contato entre a vagina e o pênis durante a relação sexual. Como resultado ela terá maior prazer durante a relação sexual, conseguindo assim atingir o orgasmo com maior facilidade e sendo capaz de ter orgasmos múltiplos. Essa trabalho também melhora a lubrificação vaginal.

Algumas mulheres sentem dor durante a relação sexual por não conseguirem relaxar, ou devido à cicatriz da episiotomia no pós-parto. As técnicas de relaxamentomassagem perineal massagem cicatricial têm ótimos resultados nesses casos. As mulheres com vaginismo também podem ser tratadas com fisioterapia perineal.

Nos homens, o aumenta a irrigação sanguínea, causado pela reabilitação perineal, melhora  a ereção, sendo assim um tratamento para as disfunção erétil. Os pacientes que passaram pela prostatectomia obtém ótimos resultados com esse tratamento. O controle desses músculos ajuda o homem no tratamento da ejaculação prematura.

No PERÍNEO nosso atendimentos são feitos com base no protocolo Reabilitação Perineal Ativa e Reabilitação Perineal Passivaque tem apresentado um grande sucesso no tratamento dessas patologias.

*Somente os fisioterapeutas formados pela fisioterapeuta Laira Ramos podem utilizar o protocolo RPA e o RPP

Tipos de disfunções sexuais feminina:

  • Disfunções do desejo: diminuição ou ausência de desejo sexual, fantasia sexual ou pensamento sexual
    • Aversão: ansiedade ou repúdio ao ato sexual
  • Disfunções da excitação: diminuição ou ausência das repostas psicológicas ou fisiológicas que preparam o corpo para o ato sexual
  • Excitação persistente: resposta genital indesejada na ausência de desejo
  • Disfunção do orgasmo: diminuição ou ausência de orgasmos; diminuição da intensidade dos orgasmos; dificuldade em atingir o orgasmo
  • Dispareunia: dor ou desconforto persistente ou recorrente durante a penetração vagina
    • Vaginismo: persistente ou permanente dificuldade em permitir a introdução do pênis, ou qualquer outro objeto na vagina, embora haja desejo de fazê-lo

Tipos de disfunções sexuais masculinas:

  • Disfunções do desejo: diminuição ou ausência de desejo sexual, fantasia sexual ou pensamento sexual
    • Aversão: ansiedade ou repúdio ao ato sexual
  • Disfunção erétil: consistente ou recorrente inabilidade em manter uma ereção suficiente para uma relação sexual, que dura há mais de 3 meses
  • Ejaculação prematura: a ejaculação ocorre sempre, ou quase sempre, mais cedo que o desejado; antes da penetração ou logo após. Incapacidade de adiar a ejaculação causando, frustração e fazendo com que haja aversão ao ato sexual
  • Não-ejaculação: ausência de ejaculação durante o orgasmo
  • Disfunção do orgasmo: diminuição ou ausência de orgasmos; diminuição da intensidade dos orgasmos; dificuldade em atingir o orgasmo
  • Dispareunia: dor durante a relação sexual
      Fonte: 3º International Consultation on Sexual Dysfuntion, Paris, 2010

“A saúde sexual é a interação de aspectos somáticos, afectivos, intelectuais e sociais do ser sexuado, de maneira a causar um enriquecimento da personalidade humana, da comunicação e do amor.” (Organização Mundial de Saúde)

Veja aqui a palestra: “Vagina, esta ilustre desconhecida”

sexualidade, sexo, prazer, sexualidade feminina, períneo, fisioterapia perineal, reabilitação perineal, disfunções perineais,disfunções sexuais, Reabilitação Perineal Ativa, RPA,  Reabilitação Perineal Passiva, RPP,  Laira Ramos, penis, clitóris, pontoG, orgasmos múltiplos, orgasmo, ejaculação feminina, parto normal, parto humanizado, próstata, disfunção erétil, ejaculação precoce