↑ Voltar a Sexualidade

Ponto G

pontoG_siteA existência ou não do Ponto G é um dos temas mais polêmicos da anatomia íntima feminina.

Há quem defenda a sua existência, há autores que dizem tê-lo identificado por ultrassonografia, mas as imagens não foram apresentadas.

Outros autores dizem que sua existência é falsa e movida por interesses comercias, como as intervenções médicas que prometem aumentar esta área a deixando-a mais prazerosa.

Quem o defende diz que se encontra na parede anterior da vagina, depois do osso púbico, e que quando estimulado é uma zona mais sensível e prazerosa que pode levar a mulher ao orgasmo.

O que é mesmo certo é que a mulher tem várias zonas erógenas, várias partes para serem exploradas que podem dar muito prazer a ela. Para isso é preciso que haja entrega e curiosidade, assim cada mulher poderá descobrir o que lhe dá prazer e viver a sexualidade na sua plenitude.

No PERÍNEO nosso atendimentos são feitos com base no protocolo Reabilitação Perineal Ativa e Reabilitação Perineal Passivaque tem apresentado um grande sucesso no tratamento dessas patologias.

*Somente os fisioterapeutas formados pela fisioterapeuta Laira Ramos podem utilizar o protocolo RPA e o RPP

Nos homens, dizem eu o Ponto G fica na próstata, veja aqui

sexualidade, sexo, prazer, sexualidade feminina, períneo, fisioterapia perineal, reabilitação perineal, disfunções perineais,disfunções sexuais, Reabilitação Perineal Ativa, RPA,  Reabilitação Perineal Passiva, RPP,  Laira Ramos, penis, clitóris, orgasmos múltiplos, orgasmo